A REVISTA BRASILEIRA DE AVIAÇÃO MILITAR   

Nas Bancas
Clique na capa para vê-la maior
Edição nº 92

Fev./Mar.


 Capa
 Neste Número
 Nº Anteriores
 Action Editora
 Links
 Contato
Em destaque nesta edição
Fuerza de Impacto!!!        
Voando com a Aviação do Exército Chileno

O Ejército de Chile sempre reconheceu a importância dos meios aéreos na condução da guerra. Após três anos de estudos criaram a escola de aviação de El Bosque, em 7 de fevereiro de 1913. As primeiras operações com aeronaves duraram até 1930 quando diversas unidades aéreas foram amalgamadas numa única força, que substituiu as aviações da Marinha e do Exército. A necessidade de meios aéreos para a equação estratégica chilena permaneceu muito importante para a força terrestre e o Exército ativou um aeroclube, em 1959, para obter algum tipo de independência da Força Aérea. A necessidade de possuir uma força aérea do Exército se tornou cada vez mais premente e logo um comitê foi formado, em 1965, para estudar a necessidade e a viabilidade da formação de uma Aviação do Exército. Esse estudo eventualmente levou à reativação do ramo de Aviação do Exército Chileno (Comando de Aviación del Ejército) num decreto de 1º de outubro de 1970.
A Revista Força Aérea leva o leitor ao dia-a-dia das unidades da Força Aérea, da Aviação do Exército, da Aviação Naval do Brasil e de diversos outros países. Personalidades que decidem os rumos da defesa no ar, novas técnicas e equipamentos, mudanças nas estruturas das grandes forças aéreas, operações, e as mais importantes feiras internacionais são cobertas com grande detalhe. Missões aéreas policiais, combatendo o crime nas grandes cidades também são analisadas e acompanhadas.

Das lições da história às tecnologias do futuro, tudo isso e muito mais em Revista Força Aérea, a Revista Brasileira de Aviação Militar.
 
Copyright © 1995 - 2015 - Action Editora Ltda. Todos os direitos reservados.
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização